Depilação para homens: conheça os métodos mais usados e escolha certo
Publicado em: 05/08/2015 às 11h16

Imagem: Google™ / iPele   Imagem ilustrativa
Ter pelos nas costas, no peito, na barriga e até nas mãos pode ser um grande incômodo para alguns homens. Além disso, aparar (ou tirar de vez) os pelos pubianos também não faz mal a ninguém. Os pelos são úteis por diversos fatores, mas ninguém quer se sentir um homem das cavernas com pelos por todo o corpo e nenhuma mulher quer um cara desses em casa, né?

Existem várias técnicas de depilação, mas nós vamos te mostrar os três métodos mais conhecidos para a depilação masculina:

Lâmina + gel para depilação

Um aparelho muito indicado para a depilação corporal masculina a lâmina desenvolvida especialmente para a depilação masculina, garantindo mais segurança e confiança no momento da retirada do pelo, mesmo em áreas mais sensíveis como axilas, peito, ombros, virilhas e costas. Com a cabeça arredondada, esse tipo de lâmina permite o máximo conforto, com cabo antiderrapante para total controle, inclusive no chuveiro.


A gente aconselha usar a lâmina sempre com o auxílio de um gel. Isso vai ajudar a prevenir a irritação da pele e o surgimento de pelos encravados quando eles voltarem a crescer. Esse tipo de gel também é pensado para diminuir a irritação no corpo após a depilação. Feito à base de aloe vera, ele ajuda a evitar a vermelhidão na pele.

Opte por realizar esse procedimento durante o banho, pois o gel para depilação deve ser aplicado na pele úmida. Passe a lâmina no sentido de crescimento do pelo e enxágue bem para tirar o que restou do gel.

Máquina + gel para depilação

O procedimento com a máquina é bem parecido com o da lâmina, mas a máquina consegue aparar os pelos, caso você não queira tirá-los completamente. O ideal é que a máquina seja usada acompanhada do gel para depilação.

Como faz? Aplique o  gel para depilação na pele úmida e em seguida utilize a máquina, escolhendo se quer apenas aparar ou remover os pelos por completo. Após esse processo, enxague bem a pele. Lembrete: o uso de hidratantes corporais ajuda a evitar a irritação da pele após a depilação.

Cera (quente ou fria)

Tanto com a cera quente quanto com a fria os pelos são retirados pela raiz. Dói um pouco mais? Dói, mas o efeito é mais duradouro. A cera quente provoca menos dor que a fria, já que durante o procedimento os poros são dilatados, o que facilita a retirada dos pelos.

Faça depilação com cera somente em locais especializados e com depiladores treinados. A temperatura da cera pode queimar a pele, por isso o profissional deve controlar isso. Procure também um dermatologista para ter certeza de que a pele não tem nenhum problema não identificado que possa prejudicar a depilação ou ser agravado por ela.

Também é importante procurar indicações sobre o local no qual vai realizar a depilação. A reutilização de cera pode causar irritações e infecções na pele, por isso o local deve ser confiável e descartar a cera após o uso.

Este tipo de procedimento é repetido a cada 15 ou 20 dias e não é muito indicado para regiões íntimas, já que a pele é mais sensível nessas áreas. Evite molhar o local depilado com água quente após o procedimento e use talco e/ou hidratante para evitar a vermelhidão e acalmar a pele.
Fonte: 
Referência: http://deles.ig.com.br/mundo-masculino/2015-08-05/depilacao-para-homens-conheca-os-metodos-mais-usados-e-escolha-certo.html
FEED DE NOTÍCIAS
Dermatologistas alertam para perigo de cremes depilatórios
Para comentar você precisa ter cadastro no site ou entrar.